ANTENA 1 – RITA ROQUE

26 de novembro de 2015

::

Houve 1700 pedidos de enfermeiros para emigrar nos primeiros nove meses deste ano.

Os médicos também aderem cada vez em maior número à emigração. Todos os anos, há cerca de 400 médicos que deixam o país, e o ano de 2015 não será diferente, é essa a estimativa do bastonário da Ordem, José Manuel Silva, que dá conta de um crescimento significativo da emigração nos últimos cinco anos.

A emigração é igualmente o destino de muitos enfermeiros.

São mais de 1700 pedidos de enfermeiros para emigrar nos primeiros 9 meses deste ano. Os números são apresentados pela Ordem dos Enfermeiros, que garante que, a manter-se a tendência, vai haver falta de recursos humanos nos próximos anos.

De acordo com os dados da Ordem dos Enfermeiros, 80 por cento destes emigrantes têm como destino a Inglaterra. É o caso de Samuel que deixou Coimbra e partiu para Londres há poucas semanas.

[VER VÍDEO AQUI]

«http://www.rtp.pt/noticias/pais/samuel-mais-um-enfermeiro-que-partiu-para-londres_a876964»